Conquistas

Apesar da pouca idade, O Grêmio Botafogo Futebol Clube é um time que coleciona conquistas, acostumado com as glórias. Os triunfos são sucessivos, difícil o ano em que o Botafogo não tenha se destacado em alguma competição.

No começo foi mais custoso, o alvinegro estava se encontrando, estava em formação, precisava de entrosamento. Mais tarde, sob o punho firme e a psicologia do técnico Airton de Oliveira, o "Fogão" atrelou-se aos títulos e as vitórias.

Em 1974, aconteceu sua primeira conquista, quando sagraram-se campeões do Torneio da Primavera, da Copa Guaianases.

Equipe do Botafogo posada para a foto.

Em 1976, foram bicampeões do mesmo torneio, e em 1978, tri.
Em 1980, o Botafogo marcou presença no Desafio ao Galo, competição promovida pela Rede Record.
O time aspirante do alvinegro fez uma ótima campanha na Copa Ermelino Matarazzo, de 1982, quando foi campeão.

Novamente, em 1984, o Botafogo participa do Desafio ao Galo.
Em 1986, eles quase chegaram lá. Mas, uma derrota para o XI Primos FC, do Ipiranga, na final do Campeonato Varzeano de São Paulo - FPF, adiou o sonho do time. O evento contou com a transmissão da TV Bandeirantes, em rede nacional, e da TV Cultura. O vice-campeonato foi glorioso.
No Campeonato Varzeano do ano seguinte, obtiveram um terceiro lugar. Neste mesmo ano, participaram do Desafio ao Galo e do Super Galo, ambos promovidos pela Rede Record.
Em 1987, Campeão da Copa Nelson Guerra, disputado no antigo Campo do Corinthians do Aricanduva (atual piscinão) no qual enfrentou a temida equipe da época o CA Paulistano do Jardim Coimbra, vitória inconstentavel por 4 x 1
Em 1989, o time atingiu grandes vitórias. Foi:

* Terceiro colocado invicto da Copa Concretex (por pura falta de sorte, foram desclassificados na moeda).
Classificados para o Torneio dos Campeões de "A Gazeta Esportiva", perdendo nos pênaltis por 4 a 3 para o Club Argentino.
Campeão Varzeano de São Paulo - F.P.F, ao vencer o G.R. Michelle, da Vila Sabrina. Em jogo espetacular realizado no Campo do Nacional (Arena Kaiser) com a presença de grande publico que terminou em 1x1 e posteriormente nas penalidade 4x3 e o clube conquistou titulo inédito.
http://www.botafogodeguaianases.com.br/images/foto05.jpg
 Equipe Campeã em pé: Nilsão, Pitoco, Niquinha, Zoião, Charuto, Eliseu, Fumio, Paraiba, Airton (técnico), Batista e Tonho (diretor).Agachados: Enio, Ivonilson, Neguitinho, Edinho, Badega,Gê,Bel, e Marcelo. Banha (massagista) Leivinha e Guardinha (diretor)

A maré de sorte do Botafogo continuou em 1990. Neste ano, o time foi:

* Classificado para a seletiva do Super Galo.
* Participante da Copa Michelle (desclassificado no saldo de gols)
* Convidado a disputar o 1º Campeonato Sulamericano de Futebol Amador.
* Campeão da Copa Black Power.

A estrela do Botafogo não pára de brilhar: Time é campeão da Copa Black Power de 1990.

http://www.botafogodeguaianases.com.br/images/foto36.jpg

O Grêmio Botafogo FC conquistou o título de Bi-Campeão Amador, promovido e realizado pela F.P.F. No estádio do Canindé, venceu o Clube Atlético Paulistano, do Jardim Coimbra nos pênaltis, após um empate em 1 a 1 no tempo normal.
O time começou melhor no jogo, tocando bem a bola e dominando o meio-campo. Aos 20 minutos Badega é derrubado dentro da área, sofrendo pênalti. Ele mesmo bate e abre o placar: Botafogo 1 a 0.
O Paulistano porém, não está morto. Aos 34 minutos, após um cobrança de falta de Neno, a defesa do Botafogo falha e Nego bate cruzado, fazendo um bonito gol e empatando a partida.
Nas penalidades mais emoção. Os primeiros gols são marcados. Em seguida, Tatuí erra pelo Paulistano, Paraíba desperdiça pelo Bota; Chiquinho também não consegue marcar e Marcelo não converte para o Botafogo; Sapeiro chuta para fora e enfim, Elizeu marca o gol da vitória e do título de bicampeão do Botafogo.

Uma das atrações dessa final foi o trio de arbitragem: José Aparecido de Oliveira, Edi Mauro Garcia Detófoli e Daniel Fernandes tinham trabalhado na decisão do título brasileiro de 1990, dias antes, entre Corínthians e São Paulo e apitaram, com correção, a grande final do Campeonato Amador.

O Botafogo:jogou com Gérson (Eliseu); Edinho, Marcos, Ênio (João ) e Aloísio; Ivonilson, Bel e Fumio (Paraíba); Badega, Gê (Nitinho) e Marcelo. Técnico: Airton de Oliveira;
O Paulistano: jogou com Décio; Betinho, Chico (Toninho), Balão e Val; Neno, Nego (Adalberto) e Sapeiro; Tatuí, Chiquinho e Marquinho ( Davi). Técnico: Zé Dias
Em 1991, levaram para Guaianases o bi-campeonato da Copa Black Power. Na decisão, disputada no campo do Metropolitano FC, no bairro do Ipiranga, o Bota faturou a taça ao derrotar na disputa por pênaltis a equipe do XI Garotos FC, da Vila Formosa, por 3 a 2, após empate sem abertura de contagem no tempo normal.

http://www.botafogodeguaianases.com.br/images/foto33.jpg 
Equipe Bi Campeã Copa Black Power,
Em pé; Airton(técnico), Maurinho, Enio, Charuto, Zoião, Paraiba, Ninho, Edinho e João Louco
Agachados: Leivinha, Clodoaldo, Bel, Zé Roberto, Marcelo, Gê, Badega e Ivonilson

 

Equipe de 1993, Campeã da Copa A Gazeta Esportiva/ Kaiser. Nos destaques, os craques revelados pelo Botafogo: Gilson e Rogério.

Em 1993, foi a vez da Copa Gazeta Esportiva/ Kaiser registrar o nome do Botafogo na sua galeria de campeões.Com uma equipe toda reformulada pelo competente técnico Airton o glorioso de conseguiu chegar em outra final. O jogo, realizado no estádio do Centro Olímpico do Ibirapuera, foi emocionante. O Botafogo conseguiu o título após vencer nos pênaltis por 7 a 6, o Moleque Travesso da Vila Guarani, depois de empatar em 1 a 1 no tempo normal.

O Botafogo não só levou a taça como teve o melhor artilheiro e o goleiro menos vazado do campeonato. O atacante Renato levou o troféu por ter liderado a artilharia com 4 gols. O experiente goleiro Gérson, que já passou pelo Corinthians, Guarani e Portuguesa Santista, foi o escalado para defender o gol do Bota. Durante toda a competição, sofreu apenas um gol.

Outro destaque da equipe neste campeonato foi o meia Rogério, que agradou o Secretário Municipal de Esportes e o então presidente da Portuguesa, Arnaldo Faria de Sá.
O Botafogo conquistou o título com a seguinte formação: Gérson; Romildo, Charuto, Edinho e Jair; Dito, Carioca e Rogério; Gílson, Marcelinho e Renato. Suplentes: Mazinho, Ronaldinho, Carlinhos, Julião, Carioquinha e Róger.

O alvinegro fez uma ótima campanha na Copa Kaiser/Seme de 1996: Atingiu a quarta colocação e ainda levou para Guaianases o Troféu Fair Play.

Time, vice-campeão da Copa  Guaianases de 1997, posado para posteridade.

Jogadores exibem orgulhosos o merecido troféu.

Em 1997, o time da Estrela Solitária levantou a taça de campeão da Copa Botafogo/ Kaiser, foi campeão em grande jogo contra o Ajax FC da Vila Rica, jogo este que lotou as dependências do CDM Gerdy Gomes no Jardim São Pedro em Guaianases, o placar foi 1x0 para o Botafogo. E também foi vice- campeão da Copa Guaianases.

No mesmo ano, conquistou o título da 3ª Copa Kaiser/ Seme de Futebol Amador, considerada a maior competição amadora do esporte no País. A equipe de sagrou-se campeã ao derrotar o time Maior Alegria da Cohab (MAC), da Cidade Tiradentes, por 2 a 1, em partida realizada no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera.

A equipe do MAC começou atacando, empurrada por sua torcida. O lateral Émerson criava as melhores situações de perigo para o goleiro de Eliseu. Aos sete minutos do segundo tempo, Gildo abre o marcador para o Botafogo, fazendo, de cabeça, um bonito gol após uma cobrança de falta. O segundo gol da partida foi convertido por Clodoaldo, após jogada de André o grande artilheiro da competição com 17 gols, aos 35 minutos. O MAC diminuiu o marcador aos 38 minutos com Feijão, mas não teve forças para empatar e provocar a decisão nos pênaltis.

A conquista do Bota não foi apenas em razão da competência e juventude de um time obstinado, com muita disciplina e determinação. Foi também a vitória da persistência, resultado de um trabalho criterioso e dedicado.

Assim que o árbitro Geraldo Hirose apitou a final da decisão, milhares de torcedores iniciaram uma grande festa, carreata do Ibirapuera até Guaianases, com dezenas de ônibus e centenas de automóveis comemorando a grande conquista.

O Botafogo foi a campo com: Eliseu; Nei, Branco, Luciano e Everton; Vágner, Ronaldo (Messias), e André (Marcelo); Rogério (Sandro) (Ricardo), Clodoaldo (Tuquinha) e Gildo. Técnico: Airton de Oliveira.

MAC da Cidade Tiradentes: Alex; Noé, Leandro, Cal e Emerson (Pimenta); Marcão, Cirão (Pequeno) e Testa; Luquinha, Fraldinha (Boy) e Feijão. Técnico: Carlos Prates.

http://www.botafogodeguaianases.com.br/images/foto45.jpg

Nos anos seguintes o clube, teve boa participação nos campeonatos que disputou , mas em 2004 na Copa Kaiser quase chegou ao titulo mas ficou no meio do caminho na semi-final ao perder para a forte equipe do AG Madeiras por 1x0 e portanto ficou em 4º lugar.

 Neste mesmo ano disputou a Copa Metropolitana e novamente disputou a final da Capital ao enfrentar a EC Napoli da Vila Industrial em partida disputadíssima realizada no Campo do Flamengo da Vila Maria empatou em 1x1(Gol de Gildo) e nas penalidades saiu vencedor por 6x5. O Tecnico Airton escalou: Tchaca, André, Ricardo, Vaguinho e Everton, Val, Lindo,Indio(Finta), e Altimar(Baiano),Poti e Gildo(Marquinhos)

http://www.botafogodeguaianases.com.br/fotos/COPA_METROPOLITANA_2004/68480004_1.jpg

Lance da Final Capital Botafogo x Napoli, Val, Everton, Altimar e o goleiro Thaca
Em seguida iria disputar a final geral e enfrentou o EC Agua Santa de Diadema, no Parque São Jorge (Estadio do Corinthians) e a torcida do Botafogo compareceu em massa com milhares de torcedores (cerca de 3.000 torcedores) no tempo normal terminou em 2x2 ( Gols, Lindo e Gildo) depois de estar perdendo por 2x0 e nas penalidades perdeu por 4x3.O Técnico Airton escalou: Tchaca, Téo(Vitor),André(Lindo), Marquinhos e Everton, Val(Finta), Indio, Altimar e Gildo (Tiaguinho) Tilico (Baiano) e Poti.

http://www.botafogodeguaianases.com.br/fotos/COPA_METROPOLITANA_2004/85540030_1.jpg
          
 Foto posada do time Vice campeão Geral, no Parque São Jorge

http://www.botafogodeguaianases.com.br/fotos/COPA_METROPOLITANA_2004/85550017_1.jpg
                                           Lance do jogo

Em 2006 novamente em participação na Copa Metropolitana o Botafogo não perdou e levou mais dois titulos para Guaianases, na fase capital enfrentou a temida equipe do EC Leões da Geolândia(V. Medeiros) do craque Elias-ex Corinthians, Seleção Brasileira, Atlético de Madrid, e ganhou por 1x0(Gol de Marquinhos) e se sagrou Bi-Campeão da Capital,com o Nacional (Arena Kaiser ) com grande publico o Tecnico Adilson “Pintinho”auxiliado por Zé Carlos e Carlão, escalou: Tchaca, Dilara, Altimar. Marquinhos e Everton, Douglas, Indio(Spock), e Diogo(Guila), Lindo(Romarinho), Dubar(Finta) e Gildo(Douglinhas).

http://www.simmm.com.br/3metro/imagens/25_2410.jpg

Dias depois o Botafogo faria a Final Geral e enfrentou a equipe do Hooligans de Ferraz de Vasconcelos e ganhou por 2x1(Gols de Indio) com Arena com bom publico, o Técnico Adilson “Pintinho, auxiliado por Zé Carlos e Carlão,escalou: Tchaca, Dilara(Douglinhas), Altimar, Indio, e Everton, Douglas,Daniel e Diogo(Guila),Lindo(Spock), Dubar(Romarinho) e Gildo(Tiagão).

http://www.simmm.com.br/3metro/imagens/08_1611.jpg
                                   Lance da partida
http://www.simmm.com.br/3metro/imagens/03_1611.jpg
                                     Time campeão Geral

Grêmio Botafogo F.C. Guaianases. 2011 - 2017 @ Todos os direitos reservados. Sede Social: Rua Professor Alexandre Monat, 166/178 - Vila Minerva - Guaianases
São Paulo - SP - Brasil Cep: 08441-370 - Tel: 3451-7242 Campo: Avenida José Pinheiro Borges, snº (Final da Avenida Radial Leste)
Desenvolvimento de sites - WF21

Visitas: